Anatomia da Identidade

Com mais de cinquenta apresentações e envolvimento de mais de mil pessoas na produção teatral, o projeto “Anatomia da identidade”, que está a ser desenvolvido em Óbidos pelo ator Pedro Giestas e que envolve escolas, centros de dia e a comunidade de Óbidos, visa “resgatar memórias da nossa identidade cultural, quer individual quer coletiva, e ao mesmo tempo criar junto das populações dinâmicas culturais concretas e que contribuam para um melhoramento da sua vida”, de Óbidos e não só, mas também de outras zonas do país. O projeto começou a ser pensado há dez anos até que Óbidos surgiu no caminho, com “vontade de abraçar o projeto imediatamente ”.

O projeto conta com o apoio da Granfer, cooperativa do ramo frutícola do concelho de Óbidos, que assumiu-se como mecenas no final do ano passado com a formalização de um protocolo.

Com participantes, dos oito aos oitenta anos, o “projeto comunitário, que tem o teatro como pano de fundo e que pretende criar outras ações transversais”, envolve toda a comunidade local.

Trata-se de um projeto de portas abertas, com atividades previstas para decorrer durante todo o ano e outras preparadas para os grandes eventos. Além disso, o ator está a trabalhar em Óbidos com os sete grupos de teatro amador, tanto na criação, produção, direção e apresentação, bem como dá aulas aos alunos do 1º e 2º ciclo do Agrupamento de Escolas Josefa de Óbidos.

O projeto “Anatomia da Identidade” contempla a realização de vídeos e documentários sobre a memória coletiva de Óbidos – ação que também envolve os idosos dos centros de dia.

Em paralelo, também promove a poesia e a literatura em locais tão improváveis, “desde a esquina da rua ao grande anfiteatro ou então nos campos de cultivo, onde parei uma vez, informalmente, para ler poemas a alguns trabalhadores”, através do “Cubo dos Poetas nossos”, que decorre quase todas as semanas à noite nos bares da vila e dos espetáculos “Noite do Fogo”.

Pedro Giestas também coordena o grupo principal do projeto, que integra “não só atores, mas também todos aqueles que são necessários à criação de um espetáculo teatral”. Segundo o ator, ”o grupo de teatro tem vindo a ter cada vez mais participantes”, contando com mais de 70.

2017-07-06T14:01:54+00:00